Rua Gentil Portugal do Brasil, 300 - Sala 10 - Belo Horizonte - MG

Sobre instalações hidráulicas e projetos hidráulicos

Sobre instalações hidráulicas e projetos hidráulicos

As instalações hidráulicas são divididas em algumas modalidades. As modalidades principais são: esgotamento sanitário, água fria, água quente e drenagem. O custo das instalações hidráulicas em uma obra pode representar de 7% a 11% do valor total da obra.

As instalações hidráulicas são compotas basicamente por tubos, conexões, válvulas, registros, caixas, junções e grelhas. Para uma instalação hidráulica bem executada o Projeto Hidrossanitário é fundamental. Popularmente conhecido como Projeto Hidráulico. Um bom Projeto Hidráulico não deixa passar nenhum detalhe da instalação. Pois a simples falta de uma conexão pode levar a um vazamento que cause danos inestimáveis para a construção. Para um Projeto Hidráulico bem executado o profissional precisa estar atualizado das normas técnicas da ABNT, normas da concessionária de água e esgoto da região da construção (Exemplo: Copasa) e até mesmo as normas de cada prefeitura (Exemplo: Prefeitura de Belo Horizonte-MG).

Com o Projeto Hidráulico têm-se as seguintes vantagens:

  • Economia na execução;
  • Orientação para manutenção;
  • Evitar patologias e inconformidades;
  • Compatibilização com demais projetos;
  • Conforto e segurança ao usuário.

Principais Patologias quem podem ser evitas com um Projeto Hidráulico:

  • Retorno de mau cheiro devido a instalações inadequadas de esgoto;
  • Ventilação de esgoto e tubos ventiladores primários instalados em locais inadequados na cobertura;
  • Ramais de descargas subdimensionados;
  • Subdimensionamento de caixas coletoras para águas pluviais;
  • Posicionamento de caixa de drenagem em vaga de garagem;
  • Subdimensionamento das calhas coletoras de água de chuva;
  • Perda de temperatura nas instalações de água quente;
  • Vazamentos em reservatórios térmicos;
  • Ausência ou insuficiência de folga das paredes laterais da cisterna com paredes limítrofes do subsolo e da laje de fundo com o piso;
  • Falta de tampas estanques em reservatórios e cisternas;
  • Exposição de tubulações plásticas ao tempo;
  • Saída de água com fluxo descontínuo e falta de água;
  • Problemas na bomba hidráulica;
  • Infiltrações.

Mantenha-se atualizado

Assine nossa newsletter

Não enviamos SPAM

Gostou? compartilhe!

Whatsapp Elaborar